Especial Cidade da Alegria | Nem só de praias vive Fortaleza



Essa semana foi muito especial pra nós do Com Café, estamos iniciando a primeira série de postagens fora de Manaus city. Foram 5 dias em Fortaleza garimpando tudo o que há de mais legal pra se conhecer na Cidade da Alegria além das praias, é claro! Vai ter gordice, opções legais e baratas para fazer compras e várias curiosidades.
Chegamos no dia 13 de Abril, data de aniversário de Fortaleza e a grande atração do dia foi o show da Vanessa da Mata na praia de Iracema que foi lindo e marcou a nossa chegada.
Foto: Laércio Lacerda/Divulgação
Depois do show, a missão era encontrar um local para jantar, como era tarde, precisava ser algo rápido, gostoso e perto do hotel. Foi aí que encontrei o The Dogfather, na rua Oswaldo Cruz, bem pertinho da Beira Mar. O que eles oferecem não é típico da região(mais tarde falo sobre isso) mas não deixa de ser gostoso: cachorro quente especial!
O que mais chamou a atenção foi a ambientação, não sou fã da história de o Chefão mas gosto bastante do estilo cinematográfico, e é essa vibe que você encontra ao entrar no estabelecimento, das cores aos posters do clássico, não tem como não se empolgar com o local.
Considerando o tamanho das porções talvez alguns preços possam te assustar, mas certamente me reuniria com a equipe do Com café pra conversar bobagens, falar mal do governo e me divertir. O atendimento também é nota 10.
Fotos: Fan page The Dogfather
No dia seguinte começou a caça pelo sabor de Fortaleza, a melhor maneira de conhecer uma cidade e sua cultura é pela gastronomia(opinião de quem gosta muito de comer). E qual seria o sabor de uma cidade litorânea se não frutos do mar, certo?

Não fiz mas recomendo:
Recebemos várias indicações de uma barraca próximo ao Mercado do Peixe onde você pode escolher os próprios camarões e saborear um delicioso arroz de camarão(risoto?!), mas infelizmente não achamos a tal barraca, se alguém souber exatamente onde fica, por favor deixe nos comentários para a nossa próxima visita!
Foto: Ethi Arcanjo
Cultura:
Se você gosta de passeios culturais o local certo para visitar é o Centro Cultural Dragão do Mar, além de museus, lá também é possível conhecer o planetário Rubens de Azevedo, que oferece programações super baratinhas e interessantes para todas as idades.
Bilheteria: Meia R$ 4,00 | Inteira R$ 8,00


A arquitetura moderna abriga teatros, cinema e ambientes para shows. A grande movimentação do local fez com que os casarões fossem restaurados e transformados em bares, restaurantes e casas de show. O clima boêmio é bem divertido e vale a visita.
Dica: se você for com a grana contada é sempre melhor sentar-se às mesas mais ao meio dos espaços, pois muitas pessoas costumam pedir dinheiro no local devido a grande concentração de turistas.


Curiosidade: Dragão do Mar foi Chico da Matilde ou Francisco José do Nascimento, um jangadeiro que exercia a função de Prático do Porto de Fortaleza, cargo muito importante naquela época. Bem, mas em 1881 ele foi líder de um movimento de jangadeiros que se recusava a transportar escravos. Esse movimento pró-abolição ocorreu no norte do Ceará e foi a primeira província a abolir legalmente a escravidão.
Gostou da matéria? Não deixe de conferir a segunda parte dessa aventura nos próximos dias!


Share on Google Plus